sábado, 2 de junho de 2012

ESTÁ CONSUMADO

João 19:28-30

“Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede. Estava, pois, ali um vaso cheio de vinagre. E encheram de vinagre uma esponja, e, pondo-a num hissopo, lha chegaram à boca. E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito”.

Está consumado. Esta foi à sexta palavra dita por Jesus na Cruz. A sétima e ultima foi “Pai nas tuas mãos entrego o meu espírito”.

Os evangelhos revelam que Jesus afirmou várias vezes que iria morrer na Cruz.

“Terá que ser assim” Mateus. 16:21; João 3:14.

“Era necessário que o Filho do Homem sofresse... E fosse crucificado” Marcos 8:31; Lucas 9:22.

Jesus reconheceu que sua morte era o cumprimento da antiga profecia: Lucas 18:31; Lucas 22:37; Lucas 24:25 e 44 (Genesis 3:15; Isaías 53).

Jesus considerou toda a sua vida como realização do plano de Deus para resgatar o homem da condenação por causa da desobediência. Lucas 2:49; Lucas 4:43; Lucas 13:33; Lucas 19:5 e 10; João 9:4; João 10:16.

Ao ser pendurado na cruz Jesus gritou:
“ESTÁ CONSUMADO!” João19:30
- TAREFA CONCLUÍDA!
- MISSÃO CUMPRIDA!

Qual a missão que Jesus havia cumprido?

1- A missão da reconciliação, da justificação, do perdão. Aqui está a essência da fé cristã.

2- Restabelecer a antiga aliança. O pecado quebrou a aliança.
Através do sacrifício de Jesus pelos nossos pecados somos restabelecidos em nossa aliança com o Pai.

3- Regastar o homem. Jesus entendeu que essa era a sua principal missão.
“Dar a sua vida em resgate de muitos” Marcos 10:45.

4- Demonstrar o significado de obedecer. Sua perfeita obediência e sacrifício libertaram-nos da culpa dos nossos pecados para recebermos o perdão e nova vida.
“E achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte e morte de cruz” Filipenses 2:8.

5- Vencer a morte e declarar vitória sobre o Diabo. Jesus morreu, seus inimigos acharam que tudo estava vencido. Mas Jesus venceu a morte e esmagou a cabeça da serpente com a sua ressurreição.
“E Ele pisará a cabeça da serpente” Genesis 3:15.

IMPORTANTE

A morte de Jesus é substituinte, reconciliadora e transformadora.

A ressurreição de Jesus proclamou a vitória final, e assegura a libertação definitiva da escravidão do pecado para os que aceitam a Cristo.

“Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Tragada foi a morte pela vitória”. 1ª Coríntios 15:54, 55.

APLICAÇÃO

“ESTÁ CONSUMADO”

Na cruz do calvário e na sua ressurreição:

Jesus cumpriu a missão de Salvar o pecador.
Cumpriu todas as profecias e substituiu todos os rituais do Velho Testamento que apontaram para “O Messias”.

Exemplos:

Não é mais necessário sacrificar animais. João Batista apontou para Jesus dizendo: “Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”.

Não é mais necessário unção com óleo. Porque Jesus prometeu que os crentes receberiam a unção do Espírito Santo; revelado em Joel 2 e tendo o cumprimento em Atos 2.

Pr.Ozéas Dias Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo ao Blog!
Fique a vontade para comentar!

Postar um comentário